Old Dragon: Ur - Homens de Armas

Greatings comrades and maidens!

Continuando minha saga na descrição de meu cenário de campanha pra Old Dragon: Ur. Depois de descrever as raças, clérigos e magos, chegou a vez dos homens de armas:

Os combatentes de Ur possuem muitas opções de atividades, desde guerreiros de aluguel e guarda-costas, até soldados de alta patente das Legiões humanas e os perversos agressores das terras de verão. Os anões tendem a seguir esta classe com mais freqüência, e elfos e halflings raramente são considerados homens de armas. 
Nos impérios humanos, as grandes Legiões dão proteção a seus suseranos e seus vassalos. Com hierarquia e disciplina rígidas, todo combatente que deseja se integrar a uma Legião, por vontade própria ou obrigado, deve ter noção de que a obrigação vem acima de tudo, e a deserção é punida com a morte. Nas terra hostis, os homens de armas trabalham principalmente como aventureiros, guarda-costas ou escolta de ricos e pessoas importantes.


Especializações: a partir do 5º nível, um homem de armas de alinhamento ordeiro pode tornar-se um paladino. Um homem de armas de alinhamento neutro pode tornar-se um guerreiro ou um legionário. E um homem de armas de alinhamento caótico pode tornar-se um bárbaro ou um gladiador.

Legionário (neutro): no 5º nível, o homem de armas passa a integrar, ou já integrava, as vastas fileiras das legiões humanas conhecidas como Legionários. Ele recebeu treinamento em combate em massa e estratégias de batalhas. Quando um legionário luta ao lado de outro homem de armas, seja paladino, guerreiro, gladiador ou bárbaro, ele recebe +1 nos ataques e no dano. A partir do 8º nível, o legionário receberá +2 nos ataques e no dano causado. No 16º nível, o legionário receberá +4 nos ataques e no dano, além de conceder +1 nos ataques e no dano a qualquer homem de armas que lute ao seu lado. Um legionário de 11º nível pode construir uma fortaleza e formar a sua própria legião.

Gladiador (caótico): no 5º nível, o homem de armas se torna um gladiador. Ele não é um lutador de arenas, mas sim um agente do caos nas terras livres de outono e verão. Por viver num ambiente hostil, o gladiador recebe +2 de bônus nas jogadas de proteção que envolva o atributo Constituição. A partir do 8º nível, o gladiador ganha um bônus de +2 nos ataques, na iniciativa e no dano de armas improvisadas. No 16º nível, o gladiador não mais cairá ao chegar a 0 PVs, permanecendo em pé e lutando até chegar a -10 PV, ocasião em que morrerá automaticamente. O gladiador de 11º nível não ergue uma fortaleza, mas geralmente se alia ou é contratado por bandos malignos.

Confira aqui as outras postagens do cenário:

2 comentários:

  1. Tenho acompanhado tuas postagens e posso dizer que além de muito interessantes, são também muito inspiradoras!!!

    Aguardo as próximas!!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu João, e obrigado por divulgar lá na Confraria de Arton.
    Abraço.

    ResponderExcluir