Clássicos SciFi: Alternity

Cá estou novamente e depois de tantos problemas (eles ainda persistem!) com o Blogger do Google, vou retomar uma série que eu estava escrevendo sobre RPGs de ficção científica, mas agora com outro nome, pois uma semana já virou um mês. Hoje vou falar do Alternity.
Alternity é um RPG de ficção científica publicado pela TSR em 1998. Após a aquisição da TSR pela Wizards of the Coast, o jogo foi interrompido em 2000. Partes de Alternity, bem como outros clássicos da TSR foram incorporados no D20 Modern, especialmente no D20 Future. O primeiro cenário de campanha para Alternity, chamado Star Drive, foi lançado ainda em 1998.
Os personagens são criados com um sistema baseado em pontos, e podem ser humanos, mutantes ou um alienígena exótico criado pelo GM. Sim, nada de DM, já viu alguma dungeon espacial (eu já!). As classes foram substituídas por profissões, que dizia quais habilidades e proficiências eram mais baratas para qualquer herói na hora da criação, apesar de algumas habilidades (em especial os psiônicos) serem restritos a determinadas profissões.
Habilidades são classificadas em habilidades gerais e especiais. Ganhar uma habilidade especial exige ter capacidade suficiente e pontos associados. Ao contrário de outros sistemas, as ações são determinadas por uma matriz de controle e dados de situação, que é sempre o d20. A rodada de é dividida em quatro fases. Cada fase refere-se a um dos graus de sucesso que se pode alcançar. Um herói só pode tentar uma ação por fase, mas também pode realizar ações nas rodadas dos outros personagens. Os pontos de vida, aqui chamados Durabilidade, são classificados em Atordoado, Ferido e Letal. Cada tipo de dano causa uma certa dificuldade ao personagem e podem ser curados, respectivamente, no final da cena, descansando, ou com o uso da Habilidade cirurgia médica.
Outra curiosidade é que Alternity usa dados de 4, 6, 8, 12 e 20 lados, mas não usa o d10. Talvez porque na época o sistema da White Wolf estava botando pra quebrar e o não uso do dado podia diferenciar um jogo do outro ou coisa assim.
Vários livros foram publicados sob o selo Alternity, entre eles temos:

  • Original Boxed Set - Um box incluindo todas as informações básicas para os jogadores e gamemasters com todas as regras.
  • Players Handbook - Todas as regras para os jogadores e os personagens.
  • Gamemaster Guide - Todas as regras para os gamemasters e preparação da sessão.
  • Dataware - O guia para computadores, hackers, e robótica.
  • Mindwalking - O guia para os poderes psíquicos.
  • Starships - O guia para as naves e as viagens interestelares.
  • Tangents - Este livro explora o conceito de realidades paralelas (o melhor que eu já vi!).
  • Beyond Science – Um guia para a ficção científica.
Os cenários:

  • Star Drive - Um cenário de ópera espacial.
  • Dark Matter - Um cenário semelhante ao programa de televisão Arquivo X.
  • Gamma World - Uma atualização para o cenário do clássico jogo pós-apocalíptico.
  • StarCraft Adventures - Baseado no popular jogo de computador de estratégia.
E várias aventuras prontas.

Projetado como livro de regras a ser encaixado em qualquer cenário, Alternity não foi divulgado o suficiente e sofria com vendas medíocres, mas foi neste jogo que o foco no sistema usando o d20 nasceu. Grande parte do seu conteúdo foi absorvido pelo D20 System moderno. Na minha opinião, o D&D 3ª Edição nasceu no espaço.

Imagens retiradas da internet.
________________________________________________________
Dark Master: Jogador das antigas que resolveu dar uma mão aos criadores desta fúnebre sociedade. Que as larvas e vermes da podridão devorem suas mentes e que o oculto e obscuro lado negro das profundezas de suas almas venha a tona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário