Viva para a glória com o Neverwinter Campaign Setting

Heil hell!

Cá estou novamente para falar agora do último cenário lançado para o Dungeons & Dragons 4ª Edição (leia-se "último lançamento", antes que alguém venha dizer que o próximo será da 5ª Edição). Neverwinter Campaign Setting foi lançado em julho e já despertou a cobiça de muita gente por aqui, não só porque é um cenário maravilhoso pertencente ao mundo de Forgotten Realms (Toril), mas também porque vem aí um novo MMORPG de mesmo nome. Independente da qualidade do produto, é uma jogada de marketing fantástica. Mas chega de enrolação e vamos lá então.


Bom, este livro descreve uma das regiões mais populares do mundo de Forgotten Realms. Reduzida à cinzas depois de um cataclismo sobrenatural, Neverwinter (ou na tradução da Devir, Inverno Remoto) ressurge para recuperar seu título como a Jóia do Norte. Mas mesmo com seus cidadão retornando para reconstruí-la, forças ocultas também regressam com seus próprios objetivos e vinganças, cada um dos quais podendo rasgar a cidade novamente ao meio. 
Este novíssimo livro apresenta este cenário voltado para o Estágio Heróico de personagem, e mergulha os personagens dos jogadores na política, desonestidade e perigos de uma cidade a beira da destruição, ou da grandeza. Uma vez um farol para a civilização, a Jóia do Norte agora apresenta morte ou glória para todos que desafiarem seus perigos.

Capítulo 1 - A Jóia do Norte: apresenta (em pouquíssimas páginas), a cidade, sua história e como utilizar o cenário em suas campanhas, além de alguns ganchos para aventuras.

Capítulo 2 - Opções de Personagem: como tudo o mais da 4ª Edição, uma infinidade de opções para personagens são mostradas aqui. Pra quem gosta de turbinar seus personagens, este é um prato cheio.

Capítulo 3 - Facções e Inimigos: aqui todos os habitantes da cidade são apresentados, além de suas seitas, guildas e uma porrada de inimigos e NPCs. Coisas bem loucas como os Ashmadais e ainda a presença de conhecidos grupos, como o Culto do Dragão, também aparecem aqui.

Capítulo 4 - Gazetteer: aqui sim, pra quem gosta de descrição de cenários (como eu que li muitos livros de cenários apenas pra viajar nos lugares) este capítulo mostra tudo, tudo mesmo, da cidade e arredores. Tem até uma versão sombria da mesma, chamada Evernight, que é nada mais do que um reflexo de Neverwinter no Pendor das Sombras. Muito bom esta parte, pois dá infinitas possibilidades ao Mestre de cruzar as barreiras dos mundos e sair na mesma cidade, como no game Silent Hill. Este é o melhor capítulo do livro, na minha opinião. Contém ainda os mapas da cidade em si e também de sua versão sombria, Evernight.E você pode visitar o site oficial aqui.

Finalizando, este é um dos poucos livros realmente bons da 4ª Edição. Antes de mais nada, acho esta edição muito boa, ela cumpre o seu papel e só por ser polêmica já vale a pena dar uma jogada. E pra quem gosta realmente dela, este é um dos melhores cenários disponíveis, senão o melhor.

Hasta la vista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário