Sessão Pipoca: O 13º Guerreiro

Heil hell!

Depois de tempos ausente, retorno pra falar de um dos melhores filmes de temática medieval que já assiti: O 13º Guerreiro.


Apesar de ter sido um fracasso nas bilheterias, O 13º Guerreiro (The 13th Warrior, EUA, 1999. 102 minutos. Aventura. Direção: John McTiernan) narra a história de Ahmed Ibn Fahdlan (Antonio Banderas), um cortesão árabe, que cometeu o erro de apaixonar-se pela mulher de um sultão.Seu ciumento marido reclamou com o califa, que então nomeou Ahmed embaixador na terra de Tossuk Vlad, uma região longínqua ao norte. Na prática, Ahmed foi expulso de seu lar e de tudo que conhecia. 


No ano de 922, Ahmed atravessou de camelo as terras dos bárbaros e acompanhado de Melchisidek (Omar Sharif), um velho amigo de seu pai, andou pela terra dos oguzes, dos azeris e dos búlgaros até as terras dos tártaros, onde atacado por um grupo que termina desistindo do saque após ver barcos com vikings. 


Ibn Fahdlan fica intimidado pelos costumes dos vikings: a sexualidade abrutalhada, o descuido com a limpeza, os sacrifícios humanos a sangue frio. Até que ele toma conhecimento de uma verdade aterrorizante: foi escolhido para combater os Wendol, um terror que mata vikings e os devora, pois uma vidente decidiu que treze guerreiros deveriam lutar contra estes terríveis inimigos, mas o décimo terceiro não poderia ser um homem do norte. Assim, Ibn Fadlan se vê lutando ao lado dos Vikings em um embate que dificilmente será vencido por eles.


O filme conta com detalhes os costumes vikings históricos, e muitos atores suecos, finlandeses e noruegueses participaram da filmagem. Como uma mistura de Beowulf e 1001 Noites, o filme agrada a qualquer um que o assista, apesar de não ter feito muito sucesso na época.
A parte que acho mais bacana (e que mais me lembra uma grande aventura de RPG), é quando o grupo está perto de ser atacado e eles começam a rezar uma antiga oração vikings. De arrepiar!
Até breve!

Assista o trailler no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=gzRnltiI4Ws
E a parte da oração viking também: http://www.youtube.com/watch?v=XQnW4sciFy4&feature=related

Nenhum comentário:

Postar um comentário