Mesas e personagens marcantes bem a sua frente


(Participação especial do meu amigo Gorpo)

Recentemente li um artigo que destaca a importância de ler como um meio de encontrarmos as fontes para boas idéias em RPG. Em uma recente investigação em papiros sobre o tema, encontrei algo que nos parece óbvio, mas com o fluxo de informações e concentração sobre as mesmas, esse algo acaba passando despercebido.

Falo sobre o entendimento da maioria sobre o que seria leitura; quando nos deparamos com o tema, relacionamos diretamente com letras, palavras, textos escritos, enfim, com decodificação de palavras. Mas leitura é muito mais que isso, e pode ser feita com infindáveis meios além de palavras, como filmes, imagens, músicas, e até mesmo o simples cotidiano. Entendam, não tirando o mérito dos livros ou reforçando a preguiça de ler do brasileiro, mas para termos uma maior abrangência na concepção.

Uma Magia para ter as melhores criações ao seu alcance

Lembro-me de um dia, sentado em determinada taverna com uns amigos, somos abordados por um jovem estranho morador de rua, pedindo simplesmente dinheiro para comprar bebida (!!!); o que chamou a atenção além da sinceridade do mesmo, foi o modo inusitado de se comportar: gesticulava, sorria e logo mudava de aspecto, falava sobre algo da sua vida, mudava de assunto repentinamente, agia como louco (ou drogado mesmo).

Em minha frente não vi apenas um pedinte. Ele poderia ser um Malkaviano, o louco morador de uma vila que tem pistas falsas ou verdadeiras para o grupo de heróis, ou um psicopata insano pronto para atacar quem não desse dinheiro para ele. Fiz uma leitura de uma situação do cotidiano; olhei além do pedinte, vi o que poderia haver por trás de toda a sua vida, obviamente partindo de leituras anteriores das mais variadas. De posse da reflexão, a refiz de uma forma totalmente diferente. O fato é que podemos estar lendo a todo momento, basta trabalharmos a habilidade.

Venho desenvolvendo uma magia que facilita muito isso, e acredito que muitos RPGistas tenham atingido o conhecimento sobre a mesma. Condiz em estarmos em uma realidade paralela à nossa, sem sairmos do mundo dito real e sem deixar que as outras pessoas percebam. Por hora a nomeio "Habitar dimensões paralelas"; enquanto esse poder está ativo, é possível enxergar vários mundos e personagens a partir do simples cotidiano.

A fórmula para invocar o Mana necessário para essa Magia não é difícil, requer a compreensão do que de fato é leitura e o entendimento de que antes da mesma vem a nossa compreensão de realidade.

Experimente. Leia tudo ao seu redor, entenda o que é e recrie em cima dos fatos. A melhor mesa e aquele personagem marcante podem estar onde você menos espera.

Original de: http://espiritolivrerpg.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário