Arca do Tesouro: Millenia

O título da postagem poderia ser Semana SciFi, mas como este livro é uma relíquia, fica melhor na Arca do Tesouro. Com vocês o primeiro RPG brasileiro de ficção científica: Millenia.
O jogo se passa em 2995, em uma galáxia ainda se reerguendo após uma guerra de proporções cósmicas com a raça dos Fentons, alienígenas que dominaram a Via Láctea durante séculos com sua tecnologia superior. A espécie humana se divide em diversos estados independentes lutando pela supremacia no braço de Orion, tanto uns contra os outros quanto contra os mais diversos tipos de nações alienígenas.
Os personagens normalmente são da República, um estado galático de grande poder onde os humanos são a maioria, mas convivem com várias outras raças. Os estados vizinhos se dividem entre neutros e hostis, tendo como maior antagonista a Esfera de Co-prosperidade uma nação totalmente dominada por humanos com preceitos facistas e racistas ao extremo, que acredita que a raça humana tem de ser a nova dominadora da galáxia para não correr o risco de se tornar dominada novamente. Outros como os Vorgônios são alienígenas com um sério problema de explosão populacional que não tem mais para onde se expandir e começam cada vez mais a desrespeitar as fronteiras. A ambientação acaba por abrir possibilidades para diversos tipos de aventura, desde comércio espacial até espionagem, passando por guerras espaciais, investigação, pirataria de dados, exploração de novos mundos, etc.
O sistema de criação de personagens é bem simples, mas ainda usando rolamentos para determinar os atributos. Os jogadores podem escolher entre 10 raças (incluindo os humanos), cada uma com vantagens e desvantagens especiais, além de poderem ser humanos modificados geneticamente ou alterados pela gravidade de seus planetas de origem. A resolução de habilidades é muito rápida e eficiente. O combate é um pouco mais lento, porém perversamente mortal: o jogo não tem pontos de vida e os personagens costumam morrer ao serem atingidos por tiros. Regras para pirataria de dados e combate espacial completam o livro.
Lançado em 1995 pela extinta GSA, Millenia foi escrito por Paulo Vicente S. Alves e Ygor Morais E. da Silva numa época em que o RPG dava um boom no Brasil. A aposta foi muito boa, inclusive tendo muitas aventuras inscritas nos antigos Encontros Internacionais. Porém o jogo não vingou e acabou esquecido pela maioria. 

Imagens retiradas da Internet.
_____________________________________________________
Dark Master: Jogador das antigas que resolveu dar uma mão aos criadores desta fúnebre sociedade. Que as larvas e vermes da podridão devorem suas mentes e que o oculto e obscuro lado negro das profundezas de suas almas venha a tona.

Um comentário:

  1. Rogério"Monge da Dungeon"28/12/2011 08:20

    Cara eu tento achar este Milenia em Sebos ou mesmo através de downloads na internet sem muito sucesso.

    Eu passei pela época do "Boom", mas como bom adolescente não tinha grana na época =p.

    Sabe me informar onde posso encontra-lo?

    ResponderExcluir