Sessão Pipoca: Krull

Saudações camaradas e donzelas. A dica de hoje é um filminho muito massa: Krull.
O longa Krull (Krull, Inglaterra. 1983. 121 minutos. Aventura. Direção: Peter Yates), conta a história de Colwyn (Ken Marshall), um jovem príncipe do planeta Krull (daí o nome, dãããã), onde dois reis não muito amigos decidem unir seus dois filhos em casamento. Colwyn está prestes a se casar com a bela princesa Lyssa (Lysette Anthony), mas durante o cerimônia de matrimônio o castelo em questão é invadido por criaturas assassinas (slayers, no original), servas de um vil monstro chamado a Besta. Estes sequestram a princesa e a levam para a Fortaleza Negra, covil do ser maligno que pretende desposá-la.
O valente príncipe então parte para o resgate. Mas como achar o covil do monstro que diariamente desaparece e aparece em outro lugar?  Para isto Colwyn recebe ajuda do sábio Ynyr (Freddie Jones), que o guia até a dita fortaleza. 
No caminho, muitos outros personagens se juntam a sua intenta, entre eles: Ergo, o magnífico, um mago atrapalhado e inútil mas com um grande coração; o Velho Vidente, que morre gritando na areia movediça; Rell, o ciclope, que dizia que sua raça era amaldiçoada e que seu único olho só conseguia lhe dar uma única visão do futuro, que era sua própria morte; e um grupo de mercenários fugitivos mas muito valentes liderados por Torquil (entre eles está um jovem Liam Neeson, conhecem?).
No final, o grupo de aventureiros encontra a Fortaleza Negra e Colwyn consegue derrotar a grotesca Besta, recuperando sua amada, mas perdendo muitos amigos no caminho, entre eles meu favorito, o ciclope.
Assista e sinta-se literalmente dentro de uma campanha em sua mesa. Vale a pena ver.
Assista ao trailler: http://www.youtube.com/watch?v=ndpV6qfQJVw

Imagens retiradas da internet.
________________________________________________________
Loco Motive: apesar do pessimismo extremo (o mundo vai acabar em 2015!), mestra campanhas desde 1992. Depois de passar por vários sistemas, entre eles World of Darkness, GURPS, Tagmar, Arkanun (o primeiro), Castelo Falkenstein, Desafio dos Bandeirantes e sistemas próprios, não separa-se do maior de todos e independente da edição: o Dungeons & Dragons. Mas seu queridinho continua sendo o AD&D.

5 comentários:

  1. Muito legal, me deu muitas idéias de aventuras a milênios atrás.

    ResponderExcluir
  2. esse filme é MUUUUUUUUUUITO f*da!!!!

    otimas lembranças...era esse q tinha uns cavalos q deixavam rastro de fogo?

    ResponderExcluir
  3. Filmaço cara! Do tipo que não se faz mais hoje em dia!

    ResponderExcluir